O Grivo "Artefatos de Som" - Galeria Oi Futuro Belo Horizonte

 

O Grivo vem pesquisando, com seus mecanismos, performances e instalações, infinitas possibilidades sonoras. Sua tradição está ligada às raízes musicais mineiras, com um novo desdobramento das origens mais remotas do Barroco.  A articulação e diálogo entre os trabalhos tocam em algo que ocupa uma posição central na obra do grupo atualmente: a conciliação de duas ideias, num primeiro momento, contrárias. De um lado, o elogio da máquina e do mecânico – da precisão, do autômato. De outro, o elogio da indeterminação – do imprevisto, da variação que não se esperava, do incerto. Nas peças do grupo, os dois polos dialogam, se confundem e trocam de lado. O auCUBO projetou e gerenciou a montagem da exposição realizada em janeiro de 2013, na galeria do Oi Futuro BH, que incluiu quatro instalações sonoras e um vídeoTextos da exposição e catálogo do escritor e arquiteto mineiro Maurício Meirelles. Conclusão em janeiro de 2013.

 

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom